sábado, 6 de agosto de 2011

Adoração nos Salmos

Lições da Bíblia.

“Como é agradável o lugar da Tua habitação, Senhor dos Exércitos! A minha alma anela, e até desfalece pelos átrios do Senhor; o meu coração e o meu corpo cantam de alegria ao Deus vivo” (Sl 84: 1, 2, NVI).

“Os Salmos nos ajudam a dialogar com Deus, através das estruturas e imagens da poesia, sobre questões como injustiça, traição, juízo e história, bem como louvor pela criação do mundo e celebração de Seu domínio. Poesia e música são avenidas especialmente adequadas para experiências pessoais e coletivas de adoração. Os Salmos expressam os clamores do coração dos que buscam a Deus em um diálogo vivo, de súplicas, promessas, bênçãos, louvor e celebração.”

“A palavra hebraica traduzida como ‘Salmos’ vem de uma raiz que significa ‘cantar com acompanhamento instrumental’. Portanto, os salmos eram canções que estavam intrinsecamente envolvidas com a adoração em Israel. Embora tenhamos as letras (os textos dos salmos), não temos as músicas. Como seria fascinante ouvir essas canções, em sua língua original, cantadas com suas melodias originais!”

“Os Salmos são ricos e profundos, abrangendo uma ampla variedade de temas e emoções, tratando de tudo, desde a história do povo de Israel à dor mais íntima e pessoal do salmista. Nesse sentido, eles falam a nós porque, embora como Igreja, sejamos parte da longa história que remonta a Israel, também temos nossa dor pessoal. É difícil não nos identificarmos, em um momento ou outro, com algumas das angústias expressas nos Salmos. Ao mesmo tempo, porém, é fundamental que estendamos a mão e nos apeguemos à esperança manifestada neles.”

“Nesta semana, estudaremos os Salmos e alguns dos temas encontrados neles, e como esses temas se relacionam com a questão da adoração e o que isso significa para nós hoje.”

Saiba mais, estude a Lição da Escola Sabatina (LES) – sábado 06 de agosto de 2011. Escolha o formato para o estudo: Texto, Comentário em áudio ou se preferir faça um Curso Bíblico. Este conteúdo é uma adaptação da LES e é publicado simultaneamente em: Blogspot, WordPress. Para impressão acesse arquivo em PDF

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Escreva a sua opinião sobre o tema.